Fotografia em Palavras

visões sobre a prática fotográfica, por Ivan de Almeida

Seguindo soltamente uma ideia

with 4 comments

Seguindo soltamente uma ideia

Nós somos as nossas ideias, e conforme as reconhecemos temos uma pequena liberdade.

3A4V0871rsr

Uma das coisas que para mim se tornaram claras na busca por linguagem fotográfica foi ser indispensável reconhecer em algumas fotos, mesmo quando toscas, mesmo quando ruins, um caminho interessante. Há, nos dias de hoje, uns três tipos de fotografia que são mais ou menos buscas minhas, não comuns. Uma foi gradualmente crescendo desde as primeiras fotos há cerca de nove anos atrás, outras vieram mais prontas e, de certa maneira, são tipos parentes daquele primeiro.

Não se trata de fazer fotografias só assim ou só assado. São ramos, são galhos da árvore maior. Não ganho dinheiro com fotografia, então, se pode perguntar: por que, Ivan, essa busca quase obsessiva?

Ora, responder isso não é fácil. Posso no máximo dizer que na fotografia entro por vezes em meio-transe, situação na qual o olho ali agarrado comporta-se diferentemente do olho na vida comum. Ele vê o que não vejo no dia a dia. Ele vê coisas que dependem da câmera para captura.

Fascina-me isso. É uma “viagem”, é deixar outro eu mesmo agir, é buscar o inútil, mas o grande brinquedo, o grande prazer de buscar imagens. E a fotografia, como a faço, não é uma busca de imagem específica, na verdade ela exige uma atenção à vida, não a faço em estúdio, não preparo nada, nada é feito a não ser enquadrar, compor, saber o que é o desejado. Mas esse saber não está pronto, é ali com o olho no visor ou no LCD nas câmeras pequenininhas em que algo ocorre, que minha mente viaja numa busca sem sentido prático algum, mas enorme sentido de viver, de perceber.

Fotografar para mim é parte do viver. Nem como hobby vejo isso, embora possa passar meses sem fazer uma só foto, ou ano, ou mesmo parar de fazer sem nenhuma dessas atitudes ser um aleijão. Porque o viver não é só isso, e isso é um jogo para esse vivo agora, um jogo do agora.

Num tempo quis algo da fotografia. Uma pequena fama, talvez. Felizmente isso foi se diluindo, ficando só o grande brinquedo, a grande busca dentro do sentido visual. Nós fazemos e nos compreendemos, se nisso prestarmos atenção.

Anúncios

Written by Ivan de Almeida

14 de junho de 2013 às 11:05 pm

4 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. O desenvolvimento das ideias muitas vezes é mais interessante que o resultado.
    O “transe” é a parte mais valiosa, porque nos isola do mundo por segundos-eternos, nos faz sair do habitual, do costumaz.

    peridapituba

    14 de junho de 2013 at 11:15 pm

    • Exato, Peri. O transe é claro para mim em situações onde sozinho faço fotos em certo número. Essas de cima são assim, eu fui simplesmente ao Detran para o Certificado de Licenciamento deste ano do meu carro (voltei a dirigir no domingo passado, esta foi a 3a vez desde então) e levei a cãmera de bolso para me distrair. Aos poucos fui entrando no tema, nas possibilidades. Não sou de enorme quantidade, mas foram muitas desde o início para mim, cerca de 28 fotos.

      Ivan de Almeida

      14 de junho de 2013 at 11:55 pm

  2. Eu tambem entro em transe e volta e meia mesmo sem estar com uma camera, fico admirando uma cena como se estivesse me preparando para uma foto, doidera, assim fotograi mesmo sem clicar e fico meses depois esperando uma determinada cena se repetir, como fiz numa foto da luz atras de um portal, no fundo o resultado final é o menos importante pra mim e sim o “meio”, a “viagem” a “curtição”, diversao. Belo post Ivan

    silvanorocha2

    15 de junho de 2013 at 2:30 am

    • Silvano, eu não penso em fotografia quando estou sem câmera, nem vejo “a incrível fotografia que perdi”. Para pensar em fotografia preciso estar com câmera no bolso, no mínimo.

      Ivan de Almeida

      15 de junho de 2013 at 4:18 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s